Jornal o São Paulo

SÃO PAULO

Judo

Seleção brasileira de Judô no Grand Slam de Paris

Por Vítor Alves Loscalzo
25 de abril de 2017

Realizado em Paris, o Grand Slam de Judo conta com 15 atletas brasileiros

European Judo Union

Foram convocados 15 atletas brasileiros para o Grand Slam de Judô de Paris, uma das principais etapas do Circuito Mundial, que será realizada nos dias 11 e 12 deste mês. Dentre os judocas convocados pela gestão de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô estão duas campeãs olímpicas.

Sarah Menezes, ouro em Londres 2012, terá um desafio pela frente, pois luta em nova categoria, a meio-leve (52kg). As disputas pelo Grand Slam de Paris já renderam à brasileira – a primeira do país e ganhar ouro olímpico no Judô – dois bronzes e uma prata. Agora, com a mudança de categoria, Sarah afirma que terá um novo começo no esporte.

"Eu estou praticamente reiniciando no judô. Então, tudo está sendo importante. São novas adversárias, mais altas e com força diferente. Vou começar do zero, sem nenhuma pontuação no ranking. É um ano de adaptação", explicou a campeã de Londres para o portal da Confederação Brasileira de Judô (CBJ). Sarah pode enfrentar em Paris as melhores judocas do meio-leve, como a campeã olímpica Majlinda Kelmendi, do Kosovo, e a sua compatriota Érika Miranda, três vezes medalhista em Campeonato Mundial.

Já a número 2 do mundo, Rafaela Silva, em entrevista ao portal da CBJ, destacou tanto a dificuldade do evento quanto a hospitalidade francesa: “Lutar em Paris é como fazer uma luta dentro de um estádio de futebol lotado. São sempre muitos atletas e muitos torcedores, o que me motiva bastante. Além disso, os franceses são ótimos anfitriões e sempre sou muito bem recebida pelas meninas da seleção da França". A atleta, que tem dois bronzes no Grand Slam francês, será cabeça de chave número um no evento deste ano.

 

Para pesquisar, digite abaixo e tecle enter.